19 julho 2009

Quando o orgasmo não vem.



A anorgasmia feminina é um transtorno sutil, pois a mulher pode participar do coito, mas não alcançar um orgasmo, fazendo que sua experiência não seja completamente gratificante. A Dra. Helen Kaplan estabeleceu 10 graduações da estimulação necessária para que uma mulher alcance um orgasmo. Em seu grau mais baixo está aquela mulher que somente com a estimulação psíquica (fantasias eróticas) e sem nenhuma estimulação física pode alcançar o orgasmo. O grau mais alto se dá naquelas mulheres que requerem mais de 2 horas ininterruptas de estimulação física para conseguí-lo.

Segundo, a Dra. Kaplan todas podem conseguí-lo e fisiologicamente o orgasmo sempre é o mesmo, independentemente do grau de estimulação. Devemos por último recordar que o orgasmo pode ser estimulado de maneira direta através do clitóris e da vagina, esta última pela estimulação do ponto G que se encontra justamente atrás da união do colo da bexiga com a uretra na face vaginal, a uns 4 ou 5 centímetros da entrada da vagina em sua parede anterior. A predileção de uma mulher por alcançar o orgasmo por uma só região (clitoriana ou vaginal) estimulada não a torna anormal. É mais comum o orgasmo clitoriano que o vaginal.

A anorgasmia feminina é uma inibição recorrente ou persistente do orgasmo, manifestada por sua ausência mesmo que tenha uma fase de excitação normal, a partir de uma estimulação que poderia ser considerada adequada em intensidade, duração e tipo. As causas podem ser físicas ou orgânicas, psíquicas ou uma combinação de ambas. Diz-se que é anorgasmia primária, quando nunca se teve um orgasmo (1 de cada 10 mulheres) e secundária, quando este já foi obtido anteriormente.

Existe também um tipo especial, conhecida como anorgasmia situacional ou seletiva, e é a que pode apresentar-se quando existem circunstâncias externas que bloqueiam o desenvolvimento normal da mulher (por exemplo: orgasmos somente com estimulação manual ou oral do clitóris, mas não durante o coito, ou orgasmo só com um parceiro, mas não com outro, etc.)

6 ...Comente!:

Olavo disse...

Tem selo para vocês lá no blog...
Boa semana
Beijos

Katy disse...

Interessante...
Ótima semana!
Beijos.

Paulo Tamburro disse...

Olha filhinhas, está cada vez mais dificil, complexo e enfadonho fazer sexo:

-anorgasmia situacional ou seletiva;

-Ponto G

-Ponto K

-Múltiplos orgasmos

-Prelimirares

-Compêndios de Kama Sutra e sua posições inacessíveis

Começo a desconfiar que aueles 3 milhões de gays que desfilam na parada em São Paulo, ficaram de saco cheio de lerem estes novos manuais de intruções, que as mulheres agora, levam para a cama e os homens têm que decorar(rsrsrsrs).

Um abração e adorei o blog, seletivamente e sem anorgasmia.

Paulo Tamburro disse...

FALTOU DIZER: a melhor teoria é a prática, prática, prática...

Se é que me entendem (rsrsrs)

Jana e Renato disse...

bom ver informações aqui...bjs nossos

Anônimo disse...

nunca tive um orgasmo... espero que em 2011 venha com tudo!!!