11 agosto 2009

Mulher casa-se com sete homens e agora não sabe quem é o pai


As autoridades egípcias detiveram uma jovem grávida na cidade turística de Hurgada, as margens do mar Vermelho, acusada de ter-se casado com sete homens em menos de 45 dias. A mulher, de 25 anos, trabalhava como camareira em uma cafeteria frequentada por turistas e se casou com vários clientes do local através do casamento "orfi", sem dissolver as uniões anteriores.

Este tipo de casamento consiste na união de duas pessoas sem documento algum e com a presença de duas testemunhas, e em muitas ocasiões encobrem casos de prostituição.

A jovem compareceu ontem ante um tribunal de Hurgada e reconheceu que tinha se casado com vários homens e que está grávida, mas não sabe de qual dos maridos. O caso da jovem ficou conhecido quando um de seus maridos encontrou o contrato de casamento com outro homem e o apresentou às autoridades.

A princípio, a mocinha assegurou que antes de se casar de novo tinha se divorciado de seus anteriores maridos, mas depois o negou ante o tribunal e reconheceu que tinha se casado com eles sem dissolver a união anterior. A jovem permanecerá detida durante os quatro dias que determina a lei egípcia para realizar as investigações. Segundo as fontes, os casamentos "orfi" são frequentes em Hurgada, sobretudo entre egípcias e estrangeiros por motivos econômicos.

Ah, se essa moda de sete maridos pega, eu já ia fazer minha listinha básica: um pra cada dia da semana...hehehe

1 ...Comente!:

Quem é tua Dona? disse...

Assim, até eu casava! :D

Beijos,
Anita.