26 julho 2009

5 táticas infalíveis para ter um orgasmo sempre

Diga a verdade: quantas vezes você já não se perguntou por que diabos naquela transa com o homem dos seus sonhos o orgasmo não rolou de jeito nenhum? Pois é. Muitas mulheres têm dificuldade não só para sentir, mas para reconhecer que alcançaram o pico máximo de prazer. Também pudera... A indústria do cinema nos faz acreditar que chegar ao clímax é ver estrelinhas, gritar alucinadamente ou tremer até a exaustão.

Na vida real, o deleite só dura de dois a dez segundos, em média. Há mulheres que dizem sentir "choquinhos"; outras descrevem o gozo como um calor delicioso, que começa na vagina e vai se espalhando por todo o corpo. "Para algumas é um murmúrio suave, para outras, um agitado turbilhão", completa Celso Marzano, diretor do Instituto Brasileiro Interdisciplinar de Sexologia e Medicina Psicossomática (ISEXP).

Para chegar lá, o primeiro passo é não fazer do orgasmo um objetivo a ser alcançado custe o que custar - até porque o clímax é conseqüência de uma relação tranqüila, sem afobação. Há quem consiga atingi-lo com a Penetração ou somente com a estimulação do clitóris. "No Brasil, pesquisas mostram que há décadas as mulheres têm mais facilidade para obter orgasmo com a estimulação do clitóris do que com a penetração", comenta o psicólogo Oswaldo Rodrigues Jr., presidente da Associação Brasileira para o Estudo da Inadequação Sexual (ABEIS).

Agora, vamos praticar? Fizemos uma seleção especial das melhores dicas para você chegar ao orgasmo quando e como bem entender. Boa diversão!

Entre de cabeça
Os especialistas são unânimes: sexo começa na mente. Fantasiar sobre o assunto é essencial para ter uma incrível noite de prazer. "As fantasias mexem com os cinco sentidos, independentemente da presença física de estímulos", afirma o psicólogo Celso Marzano.

Trocando em miúdos: pensar em sexo dá uma sensação gostosa de prazer, capaz de animar a libido por um bom tempo. Você pode estimular sua mente por meio da leitura ou até mesmo ao som de músicas com conotação sexual, como Sexual Healing (do álbum Midnight Love, de Marvin Gaye, 1982) ou Your Love is King, de Sade (Sade Live, Sony, 1994).
Filmes com cenas sensuais como Carne Trêmula (Pedro Almodóvar, Fox, 1997) ou Femme Fatale (Brian de Palma, PlayArte, 2002) também são boas pedidas.
Mais: ocupar-se com a escolha do perfume ou de uma lingerie sexy faz o cérebro enviar sinais, para todo o corpo, de que você está louquinha para deitar e rolar.

Peça um banho de gato para ele

Uma preliminar capaz de deixá-la em ponto de bala é pedir ao seu namorado que a lamba dos pés à cabeça. Os terapeutas sexuais garantem que, depois do cérebro, nossa principal zona erógena é toda a extensão da pele. Um banho de língua por completo também ativa todas as terminações nervosas, estimulando centímetro por centímetro do seu corpo.

Para tornar a farra ainda mais surpreendente, ele pode aproveitar para lamber pedacinhos que não costumam ser muito explorados, como as dobras atrás dos joelhos ou as curvinhas do bumbum.
Antes que ele comece a percorrer o seu clitóris com a língua, incentive-o a brincar um pouco nos "arredores": a parte interna das coxas, a virilha, os pequenos e os grandes lábios... Quando estiver bem lubrificada, aí, sím, é a hora do sexo oral para valer. "Mas para aproveitar esse momento é preciso relaxamento e descontração", diz o psicólogo Moacir Costa, especialista em sexualidade.

Além de fazer movimentos circulares sobre o clitóris, alguns homens gostam também de imitar o vaivém do pênis dentro da vagina, com a língua. Outra dica: é possível, ainda, masturbá-la com o dedo durante as carícias orais. Se quiser mais ação, diga ao parceiro que fique deitado e se ajoelhe posicionando a vagina no rosto dele - e mexa-se à vontade!

Quer mais uma sugestão? Fale para ele besuntá-la com um óleo aromático (o de baunilha e o de rosas são afrodisíacos) e fazer uma massagem no seu corpo - com o pênis. Peça para que ele demore, principalmente, na região dos seios, da barriguinha e do bumbum, pontos supersensíveis. E se ele quiser descer mais um pouco...


Papai-e-mamãe com pimenta

Em vez de testar todas as posições do Kama Sutra - e ficar tensa por não conseguir, por exemplo, colocar o pé direito atrás da nuca enquanto ele acaricia o seu seio esquerdo - tente se divertir com a variação mais antiga da história da humanidade: papai-e-mamãe, ou seja, o homem em cima da mulher. Experimente colocar um ou dois travesseiros debaixo do bumbum, para empinar a pélvis.

O pênis vai roçar o clitóris com mais força, o que a fará atingir o clímax em questão de segundos. Outra vantagem é que a posição pode ser um excelente recurso para aquelas noites mais românticas, porque permite a troca de beijos na boca, abraços apaixonados e o contato olhos nos olhos.
"Nessa variação, a mulher sente prazer porque o clitóris é friccionado contra uma parte do pênis e do púbis do homem", explica Celso Marzano. Se quiser sentir uma penetração mais profunda, apóie os pés nos ombros do parceiro.

Já quando você fica por cima, o segredo está no homem poder tocar os seios ou estimular lá embaixo - carícias que, associadas aos movimentos da penetração, podem provocar um orgasmo superintenso. "A posição permite à mulher controlar a intensidade e a profundidade da penetração, além de friccionar o clitóris contra o corpo do parceiro", afirma o especialista Celso Marzano. Aqui, o comando da situação é todo seu.

Você pode se abaixar, para beijá-lo na boca, ou se apoiar na cama, administrando os próprios movimentos. Mais uma dica: sente-se de costas para ele e peça que a penetre só um pouquinho. Brinque um pouco com a ponta do pênis em sua vagina e, ao perceber que está quase chegando lá, deixe que ele a penetre totalmente.

Barbarize!

Segundo os experts em sexo, o que eleva a adrenalina à potência máxima é transar em um lugar público, onde há o risco de ser pega em flagrante a qualquer momento.

Veja o que diz Stella Alves, professora de artes sensuais: "A ansiedade e o medo com a situação deixam o sistema nervoso mais sensível, em estado de alerta. Os sentidos ficam tão aguçados que o orgasmo equivale a uma explosão de êxtase".

Pois é... o perigo tem mesmo efeito afrodisíaco. Vale tudo - banheiro de boate, escada do prédio, elevador, estacionamento, areia da praia. O que torna a história mais provocante, em muitos casos, é a idéia de que tudo tem que ser feito às pressas, pois há o risco de alguém aparecer, e às vezes nem dá para tirar toda a roupa.

Levantar a saia ou abrir o zíper e puxar a calcinha resolve. O contato físico, canalizado numa única região, eleva a libido.

Se a idéia for namorar no carro, só se for num drivein! Estacionar em lugares desertos pode ser excitante, mas é muito perigoso: deixa o casal vulnerável a assaltos e outros tipos de violência.

Para fugir da rotina com total segurança, experimente transar em outros cômodos ou móveis da casa até então imaculados - o tapete da sala, sobre a pia da cozinha, a área de serviço, tanto faz.

O que importa é sair da zona de conforto e experimentar ambientes novos. Há quem prefira os motéis - algumas suítes são verdadeiros parques de diversão, com direito até a mesas de sinuca e tobogãs.
Fale para ele não parar!

Quer saber o verdadeiro segredo dos orgasmos múltiplos? É possível continuar a gozar se, logo após o primeiro, quando ainda não houve o relaxamento total, o parceiro continuar a estimulá-la. "Ao contrário dos homens, que costumam apresentar queda imediata de energia, a mulher continua com um nível de excitação relativamente alto, o que pode gerar, conforme as carícias, outro clímax", explica a psicóloga Ana Lúcia Braz, especialista em sexualidade. E outro, outro, outro...

Uma posição que favorece os orgasmos múltiplos é a "cachorrinho"
(penetração vaginal por trás com a mulher de quatro). Os homens, inclusive, idolatram, pois costumam fantasiar que estão fazendo sexo anal. Para eles, penetrar a mulher por trás dá também a impressão de submissão e entrega aos seus desejos.

E, obviamente, proporciona uma visão paradisíaca: o bumbum. Sugira que ele a beije na nuca, mordisque sua orelha ou use suas mãos livres para brincar com os mamilos ou o clitóris. Quando ficar de quatro, na cama, use travesseiros embaixo dos joelhos ou das mãos para ter mais conforto.

Se você estiver deitada, de barriga para baixo, coloque os travesseiros embaixo do seu umbigo para elevar o bumbum: a sensação será indescritível porque dois pontos sensíveis serão estimulados ao mesmo tempo: o G e o Y - não conhece? Ele fica no fundo da vagina, bem próximo ao colo do útero!

A posição faz, inclusive, com que o pênis raspe por todo o órgão genital feminino. E se você é do tipo que adora uma "provocação visual", faça amor diante de um espelho - essa posição é ótima para uma pitada de voyeurismo.

Fonte: iTodas

9 ...Comente!:

Kkzinha disse...

Dicas Valiosissimas....

Paty Peralta disse...

Valiosa é pouca não tem preço deve ser distribuída e maultiplicada. Nossa adorei mesmo.
Beijos

Hemerson Daniel - O Grito! disse...

Adorei as dicas. Embora este seja um site feminino, as sugestões vinheram em ora bem oportuna.
Namoro a 4 meses e fui o primeio homem da minha namorada. Mas, só consegui fazer ela ter orgasmo um vez e, detalhe, foi na noite que tivemos nossa pior discurção.
Já estava ficando frustado, espero que realmente funcionem.
Merci!

Hemerson Daniel - O Grito! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Safa e Fada disse...

Acho tão triste que não tem orgasmos.
Claro que tem horas que nem com brad pitt eu conseguiria. Mas as vezes quando de menos espera, ele aparece!

Amém!

*Safa*

Anônimo disse...

Muito lagal esse site...
Sucesso..

MutambOo...o|o disse...

Adoreii essa dicas esperoo que funcionem msm
É claro q tenho minhas tEcnicas mas sempre e boom
aprender outras melhores...

diana souza disse...

Adorei as dicas super bom, e e claro gente nao deixe de investir nos brinquedinhos de sex shop sao valiosos,e que tal se mastubar na frente do seu parceiro e deixar ele louquinho olhando sem podet te tocar,por enquanto rsss

Claudio Elias Do Nascimento disse...

ÉLAS SOBE NAS PAREDES KKKK